quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Casando em meio a tragédia

 Diante de tanta chuva, desgraça e dor na Região Serrana do Rio comecei a pensar: E quem escolheu janeiro pra casar? Como deve estar a cabeça de quem  vai casar nos próximos finais de semana? O medo e o desespero devem tomar conta, uma vez que chuva é uma das poucas coisas que não programamos, não temos como marcar ou desmarcar...

Esse vai ser um dos posts mais jornalísticos que vocês verão aqui no blog, misturei a minha profissão com o meu estado civil, comecei a pensar como noiva e apurar como jornalista... Daí achei uma matéria na internet com o seguinte título:

Casal de noivos se casam durante tragédia em Teresópolis

Vou resumir. Bruna 19 anos e Átila 22 casaram-se em Teresópolis na noite de sábado, dia 15, pouco depois da tragédia que atingiu a Região Serrana. Duzentas pessoas foram convidadas, mas só 50 compareceram, uma das madrinhas também não foi, porque a irmã está desaparecida. "Fiquei com medo que ninguém viesse" Disse a noiva.

Claro que vocês devem estar fazendo a mesma pergunta que eu: Porque ela não desmarcou, remarcou ou algo do tipo?

Segundo o noivo, a festa já estava tudo pago e pronto e não tinham como cancelar: “Não veio nem a metade dos convidados, mas ficamos felizes pelos que compareceram. Entendemos a situação, mas a festa já estava programada”

                                                    Detalhe nas mesas vazias...triste

Com Luan Silva e Fernanda Vieira a história não foi diferente. Eles estão de casamento marcado para o dia 23 de janeiro, mas a casa onde iam morar foi totalmente destruída.

- A gente fica preocupado, já compramos tudo e mesmo que a gente consiga uma outra casa pelo centro, não vamos ter com tirar tudo de lá, porque não tem como ir de carro para tirar. 


Depois dessas duas histórias eu sinceramente não sei mais o que pensar ou escrever. Só peço a Deus para que tenha misericórdia dessas pessoas e compensem toda essa dor de não ter o Dia Deles como planejaram com uma vida muito feliz e próspera.


Para minhas amigas queridas fica a dica. Eu sei que não podemos prever essas coisas, mas escolham o mês de vocês com sabedoria...


Por Laís Gomes

6 comentários:

Ju Louseiro disse...

Como deve estar a cabeça dessas noivas... só Deus pra ter misericordia...

Bjs

Fernanda Moniz disse...

Super triste, né????
Que Deus faça o melhor!!!
Beijos

Ludy disse...

É uma situação muito delicada!
Que Deus proteja todos esses casais!!!

Bejoss

Vanessa Santos disse...

Nossa muito triste, que Deus conforte!
Beijos

Marcinha disse...

Eu sei que algumas pessoas criticaram o casal por ter resolvido continuar com os planos mesmo depois da tragédia, mas quem casou ou esta planejando o casamento sabe o quanto é dificil, mas não sei se eu casaria mesmo assim, pois a lembrança do casamento nos anos que passaram virá tambem a lembrança da tragédia.Boa sorte a noiva e que tudo ocorra bem!

TatiBusa disse...

Nossa nao sei nem o que dizer, dois sonhos sendo destruidos devido a chuva!!O Deus proteja essas pessoas!!